O futuro precário do estado-nação (3)

As destruições da II Guerra, com particular incidência na Alemanha e na URSS, obrigaram a um enorme esforço de reconstrução e de reconstituição das economias que irmanaram ambos os blocos numa intervenção muito profunda do gasto público, no âmbito do que se veio a chamar políticas keynesianas para aumentar o PIB.

Tudo parecia correr bem, os trabalhadores pensavam mais no consumo do que na revolução, o desemprego era marginal, os EUA eram o grande padrinho do sistema de Bretton Woods e um grande beneficiário da descolonização que remetera as antigas potências colonizadoras para um quadro regional.

Até que… o modelo implodiu por razões internas e externas, como se verá na continuação deste texto.

C - Os trinta gloriosos anos do capitalismo

13 - A reformulação do pensamento político e o esplendor keynesiano

14 - A reconstrução das infraestruturas e o início da integração europeia

15- Instituições supra-nacionais configuram a globalização

16 – A descolonização e o declínio das nações colonizadoras

17 - A aceitação pelos trabalhadores da ordem capitalista

https://grazia-tanta.blogspot.pt/2018/01/o-futuro-precario-do-estado-nac...

https://www.slideshare.net/durgarrai/1801-o-futuro-precrio-do-estadonao-3

https://pt.scribd.com/document/368621630/O-Futuro-Precario-Do-Estado-nac...

(partes 1 e 2)

--

GRAZIA TANTA

Documentos e textos em:

http://grazia-tanta.blogspot.com/

https://pt.scribd.com/uploads

http://www.slideshare.net/durgarrai/documents

Comentários

Submeter um novo comentário

O conteúdo deste campo é privado e não irá ser exibido publicamente.
CAPTCHA
Esta pergunta serve para confirmar se és uma pessoa ou não e para prevenir publicaçãos automatizadas