Comunicado de Imprensa – Movimento Algarve Livre de Petróleo

Comunicado de Imprensa – Movimento Algarve Livre de Petróleo
Data: Loulé, 11/02/2018

Assunto: Protesto, Sexta-Feira, dia 16 de Fevereiro de 2018, pelas 16 horas, à porta da Câmara Municipal de Loulé, contra a exploração de petróleo no mar do Algarve, ao largo de Aljezur

O Movimento Algarve Livre de Petróleo (MALP) informa que vai levar a cabo uma vigília de protesto à porta da Câmara Municipal de Loulé, contra a autorização dada pelo Governo da Geringonça (PS suportado no governo pelo PCP, Bloco de Esquerda e Verdes), para a prospecção e exploração de petróleo ao largo de Aljezur.

I) Tendo em conta que o actual Governo Socialista no poder desrespeitou a recente recomendação da Assembleia da República no sentido de se suspender a prospecção de petróleo na costa do Algarve e do Alentejo;

II) Tendo em conta que o actual Governo Socialista no poder desrespeitou a consulta aos autarcas que se pronunciaram negativamente face à intenção de realizar pesquisa e exploração de petróleo nas suas regiões;

III) Tendo em conta que o mesmo Governo que apregoa aos sete ventos o Orçamento Participativo e a necessidade da participação dos cidadãos na coisa pública, jogou para o lixo o resultado de uma consulta pública levada a cabo pelo próprio Estado, em que mais de quarenta mil objecções foram levantadas por cidadãos portugueses à pesquisa e exploração de petróleo ao largo de Aljezur;

IV) Tendo em conta que o governo socialista comandado pelo Dr. António Costa desrespeita por completo os autarcas do Algarve e a sua recusa da prospecção de petróleo ao largo de Aljezur manifestada publicamente pela Comunidade Intermunicipal do Algarve (AMAL);

Este grupo de cidadãos do Algarve em luta contra a exploração de petróleo vãi apelar de novo, a partir de Loulé, ao senhor Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, para que interceda junto do senhor Primeiro-Ministro de Portugal, António Costa, para impedir que este entregue o território do Algarve às petrolíferas e para que se pare de uma vez por todas com a ostracização à população algarvia pelo actual governo da geringonça. Mais do que de afectos, a região do Algarve precisa neste momento da coragem política do senhor Presidente da República para não permitir que se pinte o mar do Algarve de preto.

O MALP recorda que tendo solicitado um pedido de reunião ao senhor Presidente da República para manifestar as suas preocupações face à destruição futura da sustentabilidade da região do Algarve pelas petrolíferas não obteve até ao momento resposta.

Com os melhores cumprimentos
Movimento Algarve Livre de Petróleo

Comentários

Submeter um novo comentário

O conteúdo deste campo é privado e não irá ser exibido publicamente.
CAPTCHA
Esta pergunta serve para confirmar se és uma pessoa ou não e para prevenir publicaçãos automatizadas